Viagem Segura

Capítulo IV – Precaução contra insetos

É muito importante para prevenir doenças transmitidas por mosquitos e carrapatos como febre amarela, dengue, malária, leishmaniose, filariose, encefalite japonesa, febre do oeste do Nilo, febre maculosa, doença de Lyme, e outros, adquiridas principalmente em viagens para Ásia, África, América do Sul e América Central.

Como evitar:

Uso de roupas adequadas: vestes claras com calças compridas, mangas compridas, tênis e meias de preferência brancas. Em locais quentes usar roupas mais leves, porém, tentar reduzir ao máximo a parte exposta do corpo.

Uso de repelentes:

Não devem ser usados em crianças menores de 2 meses.
Devem ser usados quando a criança sai de casa.
Aplique somente na pele exposta.
Deve ser aplicado primeiro nas mãos do adulto que o aplica na pele das crianças.
Não aplique nas mãos das crianças porque elas põem as mãos na boca com freqüência. Só aplique nas áreas expostas. 
Muito cuidado ao aplicar no rosto evitando olhos e boca.
Repelentes que contêm concentrações maiores do ingrediente ativo dão proteção de maior duração.
Estudos realizados pelo CDC apontam 2 tipos de ingredientes ativos que podem ser usados com segurança e dão longa proteção: DEET e PICARIDINA ou ICARIDINA.

Ambos não devem serusados antes de 2 anos de idade.
Dependendo da concentração do produto a proteção pode durar até 10 a 12 horas, No Brasil existe um repelente seguro cujo ingredeiente ativo é a Icaridina, capaz de dar proteção por 10 horas, inclusive com apresentação infantil.
Crianças devem dormir em quartos com ar condicionado, ou com janelas e portas teladas, ou com mosqueteiros.