Prophylaxis – Clínica de Vacinação

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DA VACINAÇÃO CONTRA A GRIPE (INFLUENZA)?

Tradução de artigo do CDC EUA (Centers for Disease Control and Prevention)*
https://www.cdc.gov/flu/prevent/vaccine-benefits.htm

Previna a gripe neste outono e neste inverno

Tomar a vacina contra a gripe em 2021 é mais importante do que nunca por causa da pandemia de COVID-19 em andamento. Embora a vacinação contra a gripe não proteja contra a COVID-19, existem muitos benefícios importantes, como:

• As vacinas contra a gripe têm mostrado reduzir o risco de doença gripal, hospitalização e morte.
• A vacinação contra a gripe também pode economizar recursos de saúde para o cuidado de pacientes com COVID-19.

Existem muitos motivos para tomar a vacina contra a gripe todos os anos. Por causa da pandemia de COVID-19 em andamento, tomar a vacina contra a gripe em 2021 é mais importante do que nunca. As vacinas contra a gripe não previnem a COVID-19, mas reduzem a quantidade de hospitalizações e mortes por gripe e a sobrecarga no sistema de saúde e conservam os escassos recursos médicos para o cuidado de pessoas com COVID-19.

Abaixo, um resumo dos benefícios da vacinação contra a gripe:

A vacinação contra a gripe pode evitar que você adoeça de gripe.

• A vacina contra a gripe previne milhões de casos de doenças e consultas médicas relacionadas à gripe todos os anos. Por exemplo, entre 2019 e 2020, a vacinação contra a gripe evitou cerca de 7,5 milhões de casos de influenza, 3,7 milhões de visitas médicas associadas à influenza, 105.000 hospitalizações associadas à influenza e 6.300 mortes associadas à influenza.
• Nas estações em que os vírus que compõem a vacina contra a gripe são semelhantes aos vírus da gripe em circulação, a vacina contra a gripe reduz de 40-60% a procura por atendimento médico.

A vacinação contra a gripe pode reduzir o risco de hospitalização associada à gripe para crianças, adultos em idade produtiva e idosos.

• A vacina contra a gripe evita dezenas de milhares de hospitalizações todos os anos. Por exemplo, entre 2019 e 2020, a vacinação contra a gripe evitou cerca de 105.000 hospitalizações relacionadas à gripe.
• Um estudo de 2014 mostrou que a vacina contra a gripe reduziu o risco de internação de crianças em unidades de terapia intensiva pediátrica (UTI) relacionadas à gripe em 74% durante as temporadas de gripe de 2010 a 2012.
• Nos últimos anos, as vacinas contra a gripe reduziram em cerca de 40% o risco de hospitalizações associadas à gripe entre adultos mais velhos.
• Um estudo de 2018 mostrou que, de 2012 a 2015, a vacinação contra a gripe entre adultos reduziu o risco de entrada em uma unidade de terapia intensiva (UTI) com gripe em 82%.

A vacinação contra a gripe é uma importante ferramenta de prevenção para pessoas com condições crônicas de saúde.

• A vacinação contra a gripe tem sido associada a taxas mais baixas de problemas cardíacos em pessoas com doença cardíaca, especialmente entre aqueles que tiveram um evento cardíaco no ano anterior.
• A vacinação contra a gripe pode reduzir o agravamento e a hospitalização por doença pulmonar crônica relacionada à gripe, como em pessoas com doença pulmonar obstrutiva crônica.
• A vacinação contra a gripe também demonstrou, em diferentes estudos, estar associada à redução de hospitalizações entre pessoas com diabetes e doença pulmonar crônica.
• Há indícios de que pessoas com maior risco de contrair gripe também correm maior risco de complicações provenientes da COVID-19.

A vacinação contra a gripe ajuda a proteger as mulheres durante e após a gravidez.

• A vacinação reduz pela metade o risco de infecção respiratória aguda associada à gripe em mulheres grávidas.
• Um estudo conduzido em 2018 (que cobriu a influenza entre 2010-2016) mostrou que tomar a vacina contra a gripe reduziu em 40% o risco de mulheres grávidas serem hospitalizadas com gripe.
• Vários estudos demonstraram que, além de ajudar a proteger as mulheres grávidas, a vacina contra a gripe administrada durante a gravidez ajuda a proteger o bebê da gripe por vários meses após o nascimento, quando ele não tem idade suficiente para ser vacinado.

A vacina contra a gripe pode salvar vidas em crianças.

• Um estudo de 2017 foi o primeiro desse tipo a mostrar que a vacinação contra a gripe pode reduzir significativamente o risco de uma criança morrer de gripe.

A vacinação contra a gripe tem demonstrado em vários estudos reduzir a gravidade da doença em pessoas que são vacinadas, mas mesmo assim ficam doentes.

• Um estudo de 2017 mostrou que a vacinação contra a gripe reduziu as mortes, as admissões na unidade de terapia intensiva (UTI), o tempo de permanência na UTI e a duração geral da hospitalização entre pacientes hospitalizados com gripe.
• Um estudo de 2018 mostrou que, entre os adultos hospitalizados com gripe, os pacientes vacinados tinham 59% menos probabilidade de serem admitidos na UTI do que aqueles que não haviam sido vacinados. Entre os adultos com gripe na UTI, os pacientes vacinados passaram em média 4 dias a menos no hospital do que aqueles que não haviam sido vacinados.

Ser vacinado também pode proteger as pessoas ao seu redor, incluindo aquelas que são mais vulneráveis a doenças graves de gripe, como bebês e crianças pequenas, pessoas mais velhas e pessoas com certas condições crônicas de saúde.

*Todo o conteúdo, incluindo os dados estatísticos, são provenientes do CDC dos Estados Unidos. A maioria dos estudos citados no artigo foram conduzidos em solo estadunidense.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *