Prophylaxis – Clínica de Vacinação

Doenças e vacinas - Coqueluche

Coqueluche (OU PERTUSSIS)

Doença

A Coqueluche é uma doença respiratória aguda causada pela bactéria Bordetella pertussis. Provoca ataques de tosse intensos que dificultam a deglutição e a respiração, podendo levar à pneumonia, convulsões, danos cerebrais e morte.

QUEM E QUANDO DEVE SER VACINADO

“A Coqueluche, apesar de mais grave na criança pequena, pode acometer todas as faixas etárias, por este motivo a vacina é indicada para todas as pessoas a partir dos 2 meses de idade.” 

Existem várias formulações de vacina contra a Coqueluche, todas combinadas contra outras doenças: 

Vacinas indicadas abaixo dos 7 anos de idade: 

• Vacina tríplice bacteriana (DTaP / uso infantil): vacina combinada contra Difteria, Tétano, Coqueluche acelular.

 Vacina tetravalente (DTaP + Polio / uso infantil).

 Vacina combinada contra Difteria, Tétano, Coqueluche acelular e Poliomielite.

Vacina pentavalente (DTaP + Polio + Hib / uso infantil): vacina combinada contra Difteria, Tétano, Coqueluche acelular, Poliomielite e Haemophilus b.

 Vacina hexavalente (DTaP + Polio + Hib + Hepatite B / uso infantil): vacina combinada contra Difteria, Tétano, Coqueluche acelular, Poliomielite, Haemophilus b e Hepatite B. 

 Vacina tríplice bacteriana (dTap / uso adulto): vacina combinada contra Difteria, Tétano, Coqueluche acelular. 
Vacina tetravalente (dTap + Polio /uso adulto): vacina combinada contra Difteria, Tétano, Coqueluche acelular e Poliomielite.

Vacinas indicadas a partir dos 7 anos de idade: 

• As vacinas combinadas possuem dois ou mais tipos de vacinas contra doenças diferentes combinadas em uma só formulação possibilitando, em uma só aplicação, a proteção contra várias doenças. 


Esquema de vacinação: 

 Crianças a partir de 2 meses de idade: devem receber 3 doses da vacina (aos 2, 4 meses e 6 meses) e 2 doses de reforço (entre 12-15 meses e entre 4-6 anos de idade). Normalmente a vacina utilizada nesta faixa etária é uma vacina combinada. Ex: Vacina pentavalente (DTaP + Polio + Hib / uso infantil) ou Vacina hexavalente (DTaP + Polio + Hib + Hepatite B / uso infantil).
• Adolescentes e adultos: devem receber no mínimo 1 dose da vacina tríplice bacterina (dTap / uso adulto), mesmo tendo sido vacinados na infância. 

OBS: O reforço da vacina contra o Tétano e a Difteria deve ser feito a cada 10 anos, podendo ser utilizada a vacina dupla (dT / uso adulto) ou a vacina tríplice bacteriana uso adulto (dTap).

• Gestantes: devem receber 1 dose da vacina tríplice bacteriana (dTap / uso adulto) a cada gestação.

QUEM NÃO DEVE SER VACINADO

• Pessoas com doenças infecciosas em fase aguda (incluindo tuberculose ativa não tratada) ou com febre.

• Pessoas com história de reação grave (incluindo alérgica) a uma dose anterior da vacina ou a algum de seus componentes (vide bula). – Crianças abaixo de 6 semanas de vida ou a partir dos 7 anos de idade (para vacinas de uso infantil).

• Crianças abaixo dos 7 anos de idade (para vacinas de uso adulto).

• Pessoas com história de doença neurológica (Ex: convulsão, encefalopatia).